quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Os falsos profetas

Vários autores bíblicos alertam para o perigo dos falsos profetas, o próprio Jesus advertiu sobre eles: “Acautelai-vos dos falsos profetas, que se vos apresentam disfarçados em ovelhas, mas por dentro são lobos roubadores”. (Mateus 7:15).

Tenho conversado ultimamente com algumas pessoas sobre as diversas seitas existentes e as doutrinas ensinadas por seus líderes e tenho percebido que o terreno está fértil para que os falsos profetas lancem e façam germinar as sementes de suas falsas doutrinas.

Pessoas das mais diversas classes sociais estão ávidas em buscas de profecias e milagres, percorrem milhares de quilômetros em busca deste ou daquele milagreiro de plantão, e como sabemos, onde há demanda, há oferta.

Além das diversas seitas anti-bíblicas existentes, me preocupa o que vem acontecendo dentro do meio evangélico, notadamente no movimento que conhecemos por “neo-pentecostalismo”, nos tempos de Pedro os falsos profetas já existiam e ele fez uma afirmação que é atualíssima em relação ao que acontece hoje: “E movidos pela ganância, com palavras fingidas, farão comércio de vós...”. (2Pedro 2:3).

Basta ligar a televisão e lá estão eles, vendendo de rosas a toalhinhas, de chaves a chapéus, tudo ungido, um verdadeiro comércio de bênçãos. São pura e simplesmente mercenários, fazem qualquer coisa por dinheiro.

Algumas pessoas cegas (espiritualmente) podem rebater-me dizendo – mas e os milagres, e as dezenas de pessoas curadas pelos pastores destas (autodenominadas) igrejas? Se os tais milagres forem realmente verdadeiros, respondo com as próprias palavras de Jesus: “Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então, lhes direi explicitamente: Nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniqüidade”. (Mateus 7:22-23).

Os falsos profetas, profetizarão, expulsarão demônios e farão milagres. Tudo isso em nome de Jesus, pois são eles os representantes de satanás aqui na terra e sabemos através da Escritura Sagrada (2 tessalonicenses 2:9 e Apocalipse 13:13-14) que satanás tem autorização para realizar prodígios sobrenaturais.

Os falsos profetas ao introduzirem seus ensinamentos falsos juntos com os verdadeiros, modificam o Evangelho para enganar e ludibriar. Suas falsas doutrinas provocam divisões e produzem facções, inclusive no meio eclesiástico, seus ensinamentos às vezes são tão sutis que encontram aceitação até nos crentes mais fervorosos: “Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos”. (Mateus 24:24).

A única forma de não sermos enganados, é não nos afastarmos da Palavra de Deus, pois ela é o critério para identificar e combater os falsos profetas. Quem conhece a Palavra de Deus não se deixa levar pelas falsas doutrinas. A Bíblia é a Palavra inspirada de Deus, através dela conhecemos a Jesus, o caminho, a verdade e a vida, portanto, contra os falsos profetas, a Verdade prevalecerá.

Carlos Almeida

Um comentário: