quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Jesus, a solução para o vazio interior

Nós chegamos ao século XXI assolados por uma onda de vazio interior. Há quem diga que o século XXI nasceu como  o século do vazio, onde os homens estão numa busca constante de meios para preencherem o vazio de suas almas.

Augusto Cury, psiquiatra e autor de livros de muito sucesso, diz na página 41 do seu livro, ‘Superando o cárcere da emoção’: “No passado eu achava que Deus era apenas fruto da imaginação humana. Acreditava que a busca por um Deus era uma perda de tempo. Hoje penso totalmente diferente... Percebo que há um “buraco” no cerne da alma e do Espírito humano que os antidepressivos e as intervenções psicológicas não conseguem preencher, este lugar só o Autor da vida pode atingir”.

O vazio incomoda e assusta, provoca medo. O vazio nos faz enxergar a vida em tons acinzentados, nos faz viver numa tempestade de dramas depressivos, que pode levar muitos à loucura.

É comum neste século XXI, as pessoas chegarem em casa e ligarem ao mesmo tempo o rádio e a televisão, precisam de barulho para tentar fugir do vazio, do encontro com si mesmos. No espelho da vida o vazio é o reflexo de uma alma estilhaçada.

Tal qual grama num jardim, o vazio se espalha rapidamente tomando conta de todas as áreas de nossa vida. Uma cratera que vai crescendo e sugando tudo em volta.

Mas, existe uma esperança, o avanço da cratera pode ser contido e até revertido, podemos nos livrar da dor que o vazio interior nos provoca. A nossa esperança está Naquele que venceu com a sua morte todos os males que afligiam o ser humano, Jesus!

Jesus sabe do estrago que o vazio faz em nossas almas, e Ele nos chama para nos oferecer a cura: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados e Eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma” (Mateus 11:28-29).

Qualquer um de nós pode por fim ao incomodo e a dor provocados pelo vazio, podemos preencher o “buraco no cerne de nossa alma”. O vazio não avança sobre um coração aonde Jesus habita, vazio nenhum pode destruir a alegria da graça de Deus! Jesus é Deus preenchendo de significado o nosso coração a nossa alma.

Carlos Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário