quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Eu, um pecador influenciado pelo diabo

Por que o homem peca? Como que, por causa de Adão o ser humano teve que se tornar um pecador por natureza? Como pode uma pessoa já nascer com uma natureza corrupta, lasciva e imoral? Como Deus que é santo e justo em seus atos, permite que uma criatura sua nasça já em pecado?   Por mais que a Bíblia diga que:

“Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram” (Rm 5:12).

E que:

“Na verdade que não há homem justo sobre a terra, que faça o bem, e nunca peque” (Ec 7:20).

Ainda que Arminius concorde:

“Confesso que a mente... de um homem natural e carnal é obscura e sombria, que suas afeições são corruptas e desordenadas, que sua vontade é teimosa e desobediente e que o próprio homem está morto em pecado” (Arminius).

Ainda assim, este tema não está resolvido e muito menos compreendido pela minha razão. Confesso que não me debrucei como deveria sobre o estudo do pecado, apenas quando via ou lia sobre a vida de pessoas boas, me questionava intimamente; como pode uma pessoa que pratica atos tão generosos, ser um pecador? Venho orando pedindo por discernimento e sabedoria para poder compreender. Não consigo aceitar que ao nascer herdamos  a natureza pecaminosa de Adão, que faz com que nossa alma seja escura, nossas  afeições não sejam sinceras, e que teimamos em não cumprir a vontade de Deus e que por isso, estejamos mortos diante Dele.

Estou lendo a Bíblia de capa a capa pela segunda vez e nesta noite cheguei ao capítulo 8 do Livro de Lucas, aonde li o seguinte no verso 12:

“A que caiu à beira do caminho são os que a ouviram; vem, a seguir, o diabo e arrebata-lhes do coração a palavra, para não suceder que crendo, sejam salvos”.

Já li várias vezes a parábola do semeador, porém, nunca tinha percebido a citação do diabo, mas desta vez saltou-me aos olhos a presença deste ser maligno que quase sempre ignorei. Querendo saber um pouco mais, busquei outros textos em que o diabo se fazia presente tentando o homem. Encontrei três: Em 1 Crônicas 21:1 o diabo incita Davi a fazer o censo,  em Jó 1 e 2 ele impugna a integridade de Jó e em Zacarias 3:1-2 ele acusa Josué de não ter a capacidade necessária para ser Sumo Sacerdote.

Na mesma noite em que fiz estas leituras eu tive um sonho. No meu sonho eu fui visitado por uma mulher que me disse que era o diabo, que tinha escolhido a forma de uma bela mulher porque  sabia que esta era uma das minhas antigas fraquezas e que estava ali para mostrar-me que tinha o poder de manipular a mente humana e vinha manipulando a minha mente desde criança, tentando influenciar, e muitas vezes com sucesso as minhas atitudes.

Com um gesto seu, começaram a aparecer na minha frente cenas da minha vida, eram situações que eu realmente reconhecia como terem sido vividas por mim. Porém, havia um elemento, eu agora via claramente ao meu lado, sussurrando ao meu ouvido, a mesma mulher que estava ali agora comigo. Ela estava lá, em cada nova situação que ia aparecendo, muitas vezes eu a via sorrindo ao conseguir que eu realizasse o que me soprara ao ouvido, noutras vezes, (muito menos, porém) saia raivosa de perto de mim, por não ter conseguido o seu intento.

Foi assustador descobrir que minha vida foi influenciada pelo diabo (será que ainda sou?), ao mesmo tempo foi esclarecedor.
Compreendi que o diabo usa a tentação para dividir e corromper a nossa alma, para que assim permaneça a separação entre nós e Deus, ele quer nos afastar da graça salvadora do Pai. Assim como incitou Davi a promover o censo, assim como impugnou a integridade de Jó e assim como acusou Josué de não estar capacitado para ser Sumo Sacerdote, o diabo está ainda hoje em plena atividade de, tentar, acusar, enganar e atacar constantemente tudo o que é de Deus, com a clara intenção de destruir e perverter a mais nobre das criaturas de Deus, o homem. Tiago, provavelmente sabia disso quando nos alertou:

“Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós”. (Tg 4:7)

Não me lembro como o sonho acabou só sei que acordei sentindo que uma venda tinha sido tirada dos meus olhos. Parecia tão normal agora, entender a queda e suas consequências para nós, bem como ficou claro que por meio do pecado e da queda do homem, a “graça maravilhosa” de Deus Pai em Jesus Cristo será conhecida. (1)

Sou um pecador que, por minha vontade própria nada posso fazer pela minha salvação, mas que tenho pela fé em Jesus Cristo e em seu sacrifício na cruz, a oportunidade de nascer de novo pelo Espírito e assim tornar-me um novo homem, e pela graça de Deus Pai, recomeçar a minha vida e trilhando o caminho estreito, dando frutos da minha transformação, poder passar pela porta também estreita e um dia estar cara a cara com meu Salvador e Senhor, a quem pertence toda honra e toda glória para toda eternidade.

Carlos Almeida

Citações:
(1) Willians, J. Rodman, Teologia Sistemática – Uma Perspectiva Pentecostal, Editora Vida, São Paulo, 2011, pg. 198.

Um comentário:

  1. Les visito de El Salvador Centroamerica,desde mi blog www.creeenjesusyserassalvo.blogspot.com
    COMPARTO MI TESTIMONIO PARA LA GLORIA DE DIOS.
    RECIBAN MUCHISIMAS BENDICIONES DE NUESTRO PADRE CELESTIAL

    ResponderExcluir